sábado, junho 06, 2009

Home

Estou a ver o documentário HOME e digo-vos que e algo de ficar sem palavras pela positiva claro

8 comentários:

Pêjotinha' disse...

por acaso nunca me passou pela mente. sempre escrevi por escrever. escrevo a toda a hora e metade das coisas não ponho no blog. Um dia pego nalguns textos tipo crónicas ou escrevo um conto qualquer e mando para umas editoras. só para ter a descarga de consciência que pelo menos tentei editar um livro x)
se saramago é autodidata eu também posso ser. olha -.-

Pêjotinha' disse...

eu não gosto muito da area onde te situas profissionalmente no futuro. "as linguas" mas parece-me nãos er muito credivel trocar uma por outra. até porque se podem conciliar.

bom, não não estive.

Pêjotinha' disse...

ahah. ok, espero por esse marcante momento. x)

eu quero é tirar o meu cursinho de psicologia clinica. especializar-me em sexologia, eu nero-psicologia, etc etc e ser convidade para debates e dar palestras. disso é que eu gosto xD
discutir (a) falar, falar, falar.

ah e nos entretantos não me importo de fazer consultorio. Oh god eu adoro disturbios.

Pêjotinha' disse...

universidade? coimbra. no ranking é a primeira e posso concorrer para ela porque é humanistica :)
ou seja, nada de matemáticas olaré-i-u x)

Pêjotinha' disse...

oh eu nem queria muito coimbra mas as que eu julgava boas são realmente boas para quem andou no agrupamento de ciências e tecnologias. agora para os humanisticos não. ohum. eu acho que coimbra é mais borga que outra coisa. e sinceramente aquele espirito universitário demasiado empolgado a mim ainda me faz confusão. preferia ir para longe mas realmente é amelhor e coiso: cedo. Xd

Pêjotinha' disse...

é a salomé?ahaha

Pêjotinha' disse...

que tem o pedro de cima? uoi.
ahha é uma das minhas bests (ou era) sei lá. adoro a miúda :D

Pêjotinha' disse...

ya. o renatinho é um fixe. acho que ambos tiveram sorte porque ambos estão em sintonia.
sei lá, deixei de rotular amigos. amo essa miúda. mas já não estou com ela como dantes. criou-se uma distância fruto de circunstância. acho que é sinónimo de estarmos a crescer. os caminhos separam-se mas o carinho permanece.