sexta-feira, janeiro 07, 2011

Paternidade


Ora aí esta uma coisa, que em tempos idos parecia uma coisa estranha, mas que agora me parece completamente normal, uma criança a chamar-me papá deve ser algo completamente do outro mundo, e tenho ao meu lado a pessoa perfeita para ser mãe dessa criança, o que ainda me dá mais vontade de ser pai, não já claro porque o tempo ( € ) neste momento não abunda, e não sou como aqueles anormais que parece que não tem televisão e parecem coelhos a ter filhos, e depois é o ai jesus que nós sabemos.
E eis que a conversa que se deu com um amigo meu, um amigo que era suspeito nestas lides, porque não o estava a ver a querer um filho (se calhar trabalhar na pediatria ajuda), e eu estar prestes a ser tio, vi que este "mal" é geral, um mal muito bom diga-se de passagem, e sim sei que um bebé vai dar muitas dores de cabeça no inicio, noites mal dormidas, mudas de fraldas (a ver se não vomito ) and so on.

P.s o catraio ou catraia vai ser um nerd dos pcs e dos comics como o pai e um papador de filmes como a mãe, ouuu então não porque acabei de imaginar o meu filho/filha a preferir filmes e pcs a gajas ou gajos... quando ela/ele tiver idade para ler que venha aqui ver isto e não esteja a abanar a cabeça a dizer "ai pai és tão cromo.

4 comentários:

José Piçarra disse...

Eu às vezes também acho que temos um relógio biológico como as mulheres.

Mas garanto que um filho meu vai ter que ser tão geek como o pai!

pedro disse...

lol sim mas gostaria de ter netos

Gema disse...

LOOOOOL só tu é que me punhas agora a rir :D
Eu para mim, os nossos filhos têm que ser geeks como nós, pq assim já não tem graça e se sair uma mistura de nós dois, vão ser altos crâneos :P
Esqueceste-te de incluir além dos filmes, adorar ler como sabes que adoro e que goste das artes :)
Quem te ouvia no nosso inicio de relação e quem te ouve agora ahahah

pedro disse...

e verdade paixao, you rock my world =P