sexta-feira, abril 03, 2009

what is happening to me?


Ontem dei por mim,a não querer adormecer,tenho tido estes sonhos (se e que se pode chamar sonhos) estranhos,relacionados com a morte,mais propriamente,sonho que me estou a enforcar,por não ter entrado no curso que quero,e um pouco idiota mas e verdade,mas só sei que me está a tirar do serio, pois não consigo ter uma noite de sono descansada,e isto esta a afectar-me a confiança e a questionar-me se este será o ano da mudança ou mais um falhanço a única coisa que sei e que estes sonhos me estão a deixar preocupado e com uma soneira do caralho.
Ainda por cima dei por mim a vir do café ate minha casa,a pensar nisso de cabeça baixa, e cada vez que alguém conhecido passava por mim e me dizia um olá,levantava a cabeça e saia me um som,não muito parecido com um olá,estilo um “hm”ainda pensam que sou doido,bem já não falta muito para dar em doido,não me anda a fazer muito bem não,vou ver se me distraio para não pensar nisto

2 comentários:

Bi disse...

Olá Pedro.

Eu li Freud e aprendi a interpretar sonhos. (bullshit - li de facto Freud mas não sei interpretar sonhos, mesmo assim aqui vai uma pequena dica:)

Sonhos com morte podem decorrer de muitas coisas: ter-te morrido alguém próximo, teres ouvido uma notícia sobre morte, teres lido a palavra morte em algum sítio ou teres morto alguma coisa sem querer, ou mesmo algum animal de estimação ter morrido.

Ou morte num outro sentido...a morte de um sentimento, a morte como não como morte mas como um tipo de fim, por exemplo, a de uma etapa da tua vida (presumo que do ensino secundário, talvez).

Mas não deves deixar que esse sonho te possua. Isso vem do teu inconsciente e ele só pode querer transmitir-te uma mensagem boa: a do bola para a frente, segue sem medo que o que aí vem é bom.

Portanto a próxima vez que te disserem olá na rua tu vais estar de cabeça levantada e mirar o rabo da miúda, ok? :)

Lol - espero que tenhas gostado. (apaga)

Black*Panther disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.