quarta-feira, julho 01, 2009

Crise de escrita

Estalo os nós dos dedos, e como por magia os meus dedos começam a escrever palavras, adjectivos,nomes,pronomes e tudo o que um texto de português tem direito, com ou sem erros, com ou sem sentimento, fica sempre assim, um texto, talvez para a eternidade,talvez só por uns anos. Meus dedos tocam nas teclas do portátil como se um piano se tratasse, como de uma musica  estivesse a ser criada, por um maestro compositor, mas a única musica que oiço e o som das teclas conforme os meus dedos batem nelas, e com os olhos fixos no ecrã vejo como por magia um texto a aparecer,vejo algo que se transformará em qualquer coisa,vejo para alem da tela vejo o que quero ver, e desvio os olhos para o que não quero.
Brinco com as palavras como uma criança brinca com legos,brinco com a ironia,sarcasmo e o humor negro a meu bel-prazer, brinco com o português e o inglês e eles parecem não levar a mal, e ainda bem, estalo os nós mais uma vez e sinto-se sozinho pois eu ainda não tenho um tu para formar nós, “estou bem sozinho” digo,penso,falo e grito para quem quiser saber, mas será que penso assim?!.

Interrogo-me e exclamo a mim mesmo,mas será este texto sobre o que? pergunto me a mim mesmo, obtenho a uma resposta vaga em poucos segundos “nem eu sei” responde a vozinha lá de dentro,mas como o compositor que sou, e isto uma musica sem nome,sem um ritmo adequado, sem um compasso certo termino aqui este texto estranho que tirou tempo a quem o leu ou não quem sabe.

10 comentários:

pedro disse...

merda -_- os nós dos dedos não se estalam, peço desculpa pelo erro estúpido mas agora também não mudo,faz de conta que estalam lol

Odalisca disse...

lol
pois pois

Pêjotinha' disse...

se brincas com as palavras brincas com tudo. quem te irá limitar?
estalam sim. a partir deste texto estalam.
________
No palace ?

Gema disse...

Sim senhora... estavas muito inspirado tu. Lá isso estavas ;)
Bjks

Dexter disse...

Era este o tal texto que me estavas a falar no msn?

As palavras são nossas, o blog é nosso, escrevemos o que quisermos e bem nos apetecer...é o nosso estado ditatorial!!

Renata disse...

Bem Pedro, com esta não contava, surpreendeste-me é certo!
:O
A piada está que nós fazemos das palavras o que quisermos!

pó de arroz num ataque de escrita crónica disse...

Ainda bem que tens essa capacidade de escrever e brincar com as palavras!

Pêjotinha' disse...

Eu já sabia uhuh

anisca disse...

Para isso serve o blog!!! Aqui podes construir textos, inventar palavras... enfim, como disse o Dexter, és rei e senhor deste espaço! Quem gosta, volta. Quem não gosta, não faz falta.
Continua, nós estamos contigo LOL

Renata disse...

Sou uma tipa de palavras por isso: renatasilva127@hotmail.com ( e apague-me imediatamente este comentário daqui ahahah) !
Um Beijo Doutor Pedro!