sábado, julho 25, 2009

casamento ou prisão!?

casamento | s. m.

derivação masc. sing. de casar

casamento

s. m.

1. Acto!Ato ou efeito de casar.

2. União de homem e mulher para constituir família legal. = matrimónio

3. Contrato de união ou vínculo entre duas pessoas que institui deveres conjugais.

4. Cerimónia ou ritual que efectiva!efectiva esse contrato ou união. = boda

5. Fig. União, associação, vínculo.

6. Reg. Passa de figo recheada com pedaços de noz ou de outros frutos secos.

Casamento de mão esquerda: mancebia.

casar - Conjugar

v. tr.

1. Unir por casamento.

v. intr. e pron.

2. Unir-se por casamento.

3. Fig. Condizer.

Não vi aqui “o acto de perder direitos enquanto éramos solteiros”. Tenho uma amiga que se casou há pouco mais de um ano, ou vai fazer este mes um ano, e ao mandar-lhe uma sms, a perguntar se sempre foi buscar uma cadelita que viu no canil, e por sinal muito gira, ela respondeu-me de volta a dizer que o marido dela não quis ir com ela e tal, ao que eu respondi “tão, simples pegas em ti e vais tu cased closed” ao que ela respondeu “não que ele não me deixa”, fiquei a olhar para a sms e a pensar que há um ano atrás aquela minha amiga era uma miúda independente, que quando não gostava das coisas, dizia e não se calava e fazia as coisas como bem entendia mesmo que tivesse um namorado, e agora esta submissa a alguém, e ainda olho para a sms e não compreendo se ela tem 12 anos e ele é pai dela ou se vivem num pais qualquer que direitos das mulheres e mentira, não compreendo certas coisas e isto e uma delas.

Se me casar não serei assim, porque não sou assim quando namoro com alguém, dou lhe total liberdade para fazer o que quiser menos trair-me claro, não sou daquele tipo de gajo que vive obcecado por onde anda a namorada, nem com quem, porque como costumo dizer, só peço duas coisas, verdade e sinceridade, o resto vem por acréscimo

7 comentários:

minii disse...

Pois. O problema é que ainda acontece muito. :s
Mas acho que a culpa é um bocado nossa (mulheres). Claro, depois também depende um bocado da situação da rapariga.

Não sei como é que deixam que os homens as tratem a si. F*da-se. Isto tira-me do sério. :x

anisca disse...

Bolas!!! Podes crer que mais parece pai e filha...
É triste quando isso acontece. Até aceito que o marido tenha uma conversa com ela e os dois cheguem a um acordo. Concordo que casar também é sinónimo de fazer algumas sedências (eu disse algumas, não todas!) mas acatar ordens, nunca.
Eu acabei um namoro de quase 3 anos com um rapaz que me disse "tens que fazer o que eu te digo porque eu tenho sempre razão"... podes crer que eu gostava dele como nunca gostei de ninguém... mas ainda gosto mais de mim!!! E podes crer que se ele mo tivesse dito mesmo depois de casada, deixava logo de o ser.

pedro disse...

minii a culpa nao e de ninguem e de toda a gente, passo a explicar em breves palavras, uma personalidade fraca, cobardia por ai =/

ansica o teu ex tinha a mania que era o senhor da razão, mas ainda bem que lhe puseste os patins

Afal disse...

E é assim que tem de ser. Uma amiga minha costuma dizer-me a brincar (ou não) que para eu namorar tem de ser à distância, porque não gosto que me controlem e gosto muito de manter um pouco a minha individualidade. Antes de termos namorado/a já éramos pessoas e tínhamos interesses próprios, então, porquê abdicar do que faz de nós quem somos se foi isso que a atraiu a outra pessoa?

Além disso, se gostam de nós é por quem somos e não por quem querem que sejamos.

Sara disse...

Hm. Não creio que seja por não ter ido buscar uma cadela que ela deixou de ser quem era, e de ter personalidade própria. Foi apenas uma escolha. Falaram sobre a cadela, o marido disse que não queria ter cadelas, e ela respeitou essa decisão. Não vejo onde reside o problema e a "perda de direitos". Acho que seria mais grave ela ter ignorado o marido e ir buscar a cadela. :|

Anyway, é só a minha opinião.

Gema disse...

Por essas e por outras é que não quero casar - namorar e depois juntar-me, talvez, casar é que acho que ninguém me leva :P
Todas as colegas que conheço são infelizes no casamento, por isso...
É que todos os "respectivos" enquanto namoram, são uma gracinha, depois de casar não sei o que lhes dá (isto para ambos os sexos).

Pêjotinha' disse...

tás a gozar? :O
caputa!-.-'