sábado, março 13, 2010

Nome de código…….PROFESSOR


Com tanta notícia de alunos, que se suicidam por causa de pressões infligidas, por causa de outros alunos, e professores a sofrerem do mesmo “mal”,e o ministério com um silêncio(até com o curso que não abre …) estranho e a isabelina a por agua na fervura, vem me logo há memoria os tempos da primaria, em que se faltasse ao respeito(ou erra-se algum exercício) ouvia logo aquelas palavras, que não queria ouvir “estende a mão!!” com uma régua de madeira, pronta a trabalhar e a fazer doer tanto na mão como na alma, por causa da humilhação que passamos.

Pergunto-me agora, se fosse hoje será que havia mais respeito??? naquele tempo havia, e os pais importavam-se mais, e umas belas chapadas na hora certa não fazia mal a ninguém, mas shhhh e considerado violência  mas pronto já ouvi dizer que anos 90 são vintage.

Professor devia ser uma profissão, para ensinar, mas cada vez mais se assemelha a uma profissão de alto risco, tipo agente secreto

4 comentários:

Gema disse...

Ai! ai! dou-t toda a razão... o que existe agora é que é mm nada :S
Enfim...

ADEK disse...

Também me lembro de ter muito respeitinho pelos meus professores... E se eles pedissem a caderneta ou chamassem à atenção: ai meu deus que estou frita com os meus pais! Hoje em dia os putos não respeitam ninguém. É triste:/

pedro disse...

existe zero amor =/ infelizmente

ADEK, e eu até tremia e fazia um choradinho para nao escreverem na cardeneta (maior das partes das vezes nao funcionava, mas até que me safava as vezes =P)

ADEK disse...

E as alturas em que os professores percebiam que tinhamos dado erros nos tpc? MEDO!!!